Apaixone-se

#me

Já tenho a experiencia 4 empresas (2 com carteira assinada e empreendimento da família), em todas eu entrei com o mesmo sentimento: “Apaixonado, vou dar meu sangue pela empresa, afinal sou parte dela agora.”*

* Quem sabe onde eu trabalhei vai entender essa piada pronta.

Mas em contrapartida há um sério problema: paixão é algo que, como todos dizem, passa rápido.

Para solucionar este problema eu crei a seguinte lista:

EVITE: Hierarquia, quem manda sou eu e pronto

Não deixe ter uma hierarquia FORTE, no empreendimento da família quem manda é minha mãe e acabou, ninguém tem opnião em NADA mais.

Isso me deixa furioso, pq se ela um dia passar isso para mim eu já vou começar mal, e já está tão mal que se ela me desse tudo agora eu recusaria veementemente. Ora: a empresa sempre foi dela e não vai ser agora que vai deixar de ser.

EVITE: Deixar as dívidas afundar a empresa

Em casa o empreendimento da família tem suas contas misturadas com as contas minha, da minha irmã, ou seja, as contas da empresa com as contas de casa. Em todos os cursos e materiais relacionado ao assunto dizem claramente para não misturar.

No meu primeiro emprego, o problema das contas era o não pagamento, como a empresa pegava em quantidades grandes de dinheiro, eu suponho, a DONA fariava com a grana e depois para pagar as dívidas? Não tinha mais dinheiro para nada, e eu ficava de saco cheio pq a todo instante tinha cobrador e eu tinha que ficar dizendo: “ela não está aqui e sim eu já avisei que você veio”.

EVITE: Ser A empresa

Sabe quando alguém diz: “vou para a empresa da Dona Maria” e não “vou para a empresa Costura…”, veja no exemplo o uso do DONO e não da instituição. Isso é um erro, quando se tem isso em mente, só existe duas coisas:

  • ou a empresa tem a mesma hierarquia acima e/ou;
  • ela só tem um funcionário e ninguém mais para me ajudar.

Neste último caso se o “único funcionário que eu penso que existe” ficar doente quem vai me ajudar?

Do mesmo jeito que apesar de ter 10 funcionários na empresa, na maioria das vezes somente 1 pode lhe ajudar, pq ele é o chefe ou pq só ele sabe como fazer.

EVITE: Rotina, rotina, rotina, rotina, rotina

Não caia no fardo de todo dia, um erro das empresas que trabalhei era o fardo de todo dia, ou seja, eu vou para o mesmo lugar fazer o mesmo para ganhar o mesmo salário. Ninguém quer fazer o mesmo por 1 ano, imagine se alguém ficaria assim por 5 anos! As pessoas (eu principalmente) gostam de mudar E ajudar a mudar.

Veja o meu exemplo: sou programador, durante o primeiro ano eu fiz o MESMO PROGRAMA, no segundo ano, tudo mudou (para a pior) pq surgiu mais um programa para fazer, mas a pessoa responsável fez tudo praticamente sozinha (analise, um monte de scaffold, designer, …) e eu!? Não sirvo para NADA? Tudo bem, vc pode dizer que eu poderia opinar depois ou pq assim seria mais rápido entender o funcionamento, mas quer saber f*d@-se com esse pensamento e pegue o meu: EU QUERO FAZER PARTE.

EVITE: Deixar o ambiente ficar irrespirável

Em todos os aspectos a comunicação é algo fundamental para a empresa, não deixe de conversar com e nem tenha medo de ninguém, seja na empresa, na hora de pegar o cafezinho, quando for beber água, quando for ao banheiro ou chamando alguém para sair.

Em todos estes casos acima a pessoa está fazendo algo que “o natural” dela exige, ou seja, está descontraída e em 75% das vezes nem querem sequer lembra que trabalham em algum lugar.

E quando chamar alguém para sair lembre-se: nem todo mundo é alcolatra ou viciado em pizza como vc, pergunte para onde ele quer ir.

Toda vez que você chama um amigo (ou subordinado) para sair ele recusa pq vc gosta de ir para um bar, mas ele não. Eu, por exemplo, não vejo vantagem em ficar num porcaria de mesa de bar vendo uma porra de futebol, que a propósito eu odeio. Pense bem antes de chamar alguém para “relaxar”. Vá para um lugar comum: veja se o lugar que você quer ir ele iria e veja se o lugar que ele quer ir você iria.

Não esqueça que na empresa não existe só você e que você não é o chefe que manda e desmanda.

SEJA: Parte da empresa

Precisa ficar um final de semana inteiro programando ou precisa ir no final de semana para “limpar” a empresa? Sem problema eu vou sim! Sou parte da empresa (não confunda como sou A empresa), se a empresa vai mal eu também ficarei mal, do mesmo jeito que se ele ficar rica eu fico rico ;)

Tenha isso em mente.

Finalizando

Isto é o que eu poderia dizer que aprendi na marra, mas não esqueça que você as vezes tem que cometer os mesmos erros. Não leve nada disso ao pé da letra, depende muito da pessoa que está na sua frente.