BRA✈NZ (33 horas)

#new-zealand

THE✈GRU

Chegando em GRU.

Sou neuvouso e por causa disso fui com a galera bem cedo, fomos as 0:30 para eu pegar um voo com hora de partida as 3:40 😂.

THE✈GRU tudo de boa, é um caminho que já tinha traçado: checkin, passar pela esteira, entrar no avião, descer do avião.

Ainda em THE foi que descobri que a trava (por código) da minha mala de mão travou, simplesmente parou de funcionar o código com ela fechada 😐

10h de GRU

Tomei café no Bom Senso Café, até onde sei é um lugar da própria infraaero, e por causa disso só vai a galera que trabalha no aeroporto, suponho que seja um lugar barato também. O cara que me atendeu foi bastante amigável. Se você estiver com pressa eu desacoselho fazer isso, pois o lugar é MUITO difícil de achar.

Depois em GRU tive que procurar um lugar para ficar estacionado por mais ou menos 10h 😐.

Depois de muito rodar achei um lugar legal que dava para deitar e trancar minha mala com um cabo de aço e um cadeado que eu trouxe (dica da Lud).

Mala travada e dois bancos para tentar dormir

Trava da mala

Tentei dormir, obviamente não consegui, então fui assistir aos dois últimos episódios da série Dark.

Depois do almoço, tentei procurar um lugar chamado On The Go, mas não achei e também não quiz ficar tanto tempo quanto o que fiquei procurando o café da manhã.

Almocei no Frango Assado, comida muita, fiquei mais do que satisfeito, mas o preço da coca em lata foi do preço de uma coca de 2l em THE.

Tentei voltar para aquele canto que tinha encontrado, mas não lembrava, rodei para caramba até que lembrei que tinha uma agência do Itaú perto dele, procurei pela agência do Itaú no maps e fui cair em cima dele.

Problema foi: quando cheguei lá me dei conta que o checkin do próximo voou já tava aberto e seria uma boa já ir para perto do portão.

GRU✈Chiles

Perto do portão de embarque do voou de GRU✈Chile foi que começou a galera falando Inglês 😂.

O segundo cartão de embarque foi útil aqui, pois a última leitora de código não conseguiu ler a tela do meu smartphone. Tive que usar o impresso, daqui para frente usei somente eles.

Antes de levantar voou eu vi que na minha carteira tinha o documento da moto da minha irmã. Se tivesse visto ainda em GRU daria para enviar de GRU para THE, mas não foi o caso.

Isso estragou minha viagem, na verdade eu nem diria estragar, diria que isso foi bom para eu ficar mais pé no chão: não são férias, estou tentando tirar um ano sabático estudando e com possibilidade de trabalho, logo terei responsabilidades como procurar uma casa.

O voou durou 4h, eu sentei na cadeira 28D e minha mala ficou na cadeira 17, muito distante, se tivesse colocado umas fitas chamativas teria sido mais fácil ver a mala e eu teria ficado mais tranquilo para sair do avião.

Ah, por último e talvez o mais importante: o cara que sentou do meu lado com a filha dele era MUITO gente boa, só falava em inglês, mas sempre que falava abria um sorriso bem amigo.

2h de Aeroporto do Chile

Foi pouco tempo, felizmente, pois a experiência não foi muito boa.

Em GRU eu tinha tomada e um lugar mais ou menos para dormir. No aeroporto do Chile só tinha mesmo lugar para dormir (caso eu precisasse, mas não foi o caso).

As tomadas são “Padrão Chile”, três pinos redondos alinhados:

Tomadas padrão Chile

Isso não é um problema, pois as brasileiras de “2 pinos” cabem fácil, mas as nossas ficam folgadas. Para carregar eu teria que ficar segurando. Infelizmente no Chile as tomadas não são nas cadeiras como em GRU, são numa “ilha de carregamento” como em Congonhas, daí não dava para eu ficar em pé segurando a tomada 😐.

Chile✈Auckland

Todos os outros voous que eu tinha pego eram ônibus que voam, sério um Airbus é O Avião.

O ótimo dessa aeronave é a tomada que é universal (parecida com essa):

Tomada universal

Acho que todos os países do mundo deveriam adotar uma tomada universal, só acho 😂.

O assento também tem um monitor para que a pessoa de traz possa interagir com ele, até para ligar a luz você precisa usar o monitor da sua cadeira.

Muitos mais filmes/séries que na App Enternainment da Latam.

As refeições foram melhores, suponho que foi por causa do voo ser de 12h.

Nenhum funcionário no avião era brasileiro, toda a minha comunicação foi feita em inglês, aqui foi que realmente começei a precisar do Inglês. Por exemplo: por algum motivo minha poltrona não tinha o menu, daí tive que perguntar em Inglês “quais eram as opções” 😂.

Descendo no aeroporto foi de boa:

  1. Preencher o formulário da imigração;
  2. Passar pelo que eu acho que era a imigração;
  3. Pegar minha mala na esteira;
  4. Passar pela vistoria das malas;
  5. Chegar até a saída e encontrar o motorista que estava esperando (cortesia da escola);

Eu pensei que teria que ir muito mais “através” da imigração, que teria perguntas e tudo o mais, mas foi só pegar o carimbaço e pronto.

Passar pela vistoria das malas também foi algo beeem rápido… pensei que demoraria muito mais, que iam querer abrir minha mala e tudo o mais.

Minhas malas passaram pelo raio x sem problemas então fui direto, único detalhe foi que antes da saída do aeroporto um guarda falou para eu esperar um pouco enquanto o cão dele cheirava a minha mala (sem abrir a mala).

Lições aprendidas

  • Fita mais chamativa na mala para que eu possa reconhecê-la de longe, do voou GRU✈Chile isso teria sido útil;
  • Comprar uma capa para o Kindle (ele acabou quebrado somente a tela, mas o preço de um novo deve ser mais barato do que consertar);
  • Proteger cameras em bolsas apropriadas, uma action cam que eu tinha acabado de comprar acabou se quebrando 😐 felizmente a outra camera que eu deixei na mala de mão e na bolsa não quebrou;
  • Sim! Levar colírio, eu sempre uso o Lacrifilme ou algum genérico, para mim a parte que mais sofre por não dormir são os olhos;
  • Comprei um aerosol para o sapato/pé, pois eu não uso tênis/sapato todo dia, então chulé seia uma opção 😂, felizmente funcionou;
  • Apesar de ter usado a App da própria Latam, lembre-se de guardar todos os boarding passes, dois deles me foram bastante úteis no trajeto final;
  • Usei a app App in the Air e app da própria Latam;

Posts nesta série

  • BRA✈NZ (33 horas) (Este post)
  • 1 mês de NZ, Jan 31 2018;

Referências