Moedas, Vale-transporte e Agradecimento

#me

Hoje (quinta, 24 de março de 2011), quando estavamos saindo Sandro, Álvaro e eu da loja, uma pessoa “chegou junto” e, mostrando um papel, pediu uma ajuda, nessas horas eu sempre lembro: “devo ajudar, pois um dia eu posso ficar nesta situação”.

Logo depois de ser deixado na Frei Serafim, ao por a mão no bolso senti falta do meu cartão do ônibus.

O desespero não bateu, pois como se diz de teresina: “cidadezinha pequena que praticamente todo mundo se conhece”. Fiquei próximo da avenida, o local de maior movimento, esperei alguém passar…

… e passou, primeiro foi Francisco Smile, um amigo de escolha (ensino médio que fiz no CEFET-PI), falei minha situação para ele, expliquei pq não poderia voltar para a loja (longe), deu-me 1.65 em moedas, adradeci muito, muito mesmo.

Logo passou a Cristiane Menezes, amiga da época que eu trabalhava somente com manutenção de computadores, ela não tinha os 0.2 centavos para completar a passagem, mas com seu sorriso no rosto deu-me um vale-transporte, disse que dava os 1.65 para ela, mas ela praticamente me bateu por falar isso :-D

O fato é que: eu me sinto eternamente grato a todos os meus amigos, pelo simples fato de que eu os tenho como amigos.